13 ago 2020
Dicas essenciais para evitar acidentes domésticos


min de leitura 3 comentários

Os acidentes domésticos são comuns, principalmente para quem tem idoso e criança em casa. Objetos e situações simples podem apresentar uma ameaça para essas pessoas, inclusive adultos mais desatentos.

Tomadas, lajes, botijão, janelas e escadas são exemplos de itens em que é preciso redobrar a atenção. Eles podem causar diversos problemas, desde pequenos machucados até situações com consequências mais graves.

Com ações simples, é possível garantir a segurança de todos dentro de casa, o que colabora para melhorar a qualidade de vida. Pensando nisso, neste artigo, vamos dar algumas dicas para evitar acidentes em casa.

Dicas para um lar mais seguro

Nossa casa é o lugar onde passamos boa parte do tempo e convivemos com pessoas que amamos. O ideal deste ambiente, além da harmonia, é a segurança, afinal, é lá que temos nossos momentos de privacidade e convívio.

Mesmo assim, o lar pode trazer alguns problemas se não nos atentarmos quanto à segurança em vários pontos. 

Algumas dicas para evitar acidentes são:

Tomadas e fios

Choques são acidentes comuns dentro de casa, principalmente com as crianças. Evite usar vários aparelhos plugados numa mesma tomada, usando extensões e benjamins, pois isso sobrecarrega o ponto e causa incêndios.

Não deixe fios aparentes ou no meio do caminho, pois idosos e crianças podem escorregar. Também é importante tampar as tomadas sem uso para que as crianças não coloquem o dedo.

Pisos e escadas

Pisos molhados, pedaços de tacos soltos e azulejos quebrados causam acidentes como quedas e cortes. Verifique as condições e troque as partes que estão danificadas.

A escada extensiva alumínio é uma excelente opção, afinal é mais resistente e não sofre tantas avarias. 

Quanto aos tapetes, prefira os antiderrapantes e que se fixem bem ao piso para evitar tropeções e tombos, principalmente para os idosos.

Janelas e sacadas

Nos apartamentos ou janelas mais altas é necessária a rede de proteção para quem tem crianças e animais. 

Troque vidros quebrados com urgência e providencie envidraçamento de sacadas para tornar esses ambientes mais seguros.

Quartos

Quinas dos móveis precisam de atenção e proteção de plástico, principalmente, para quem tem criança pequena, pois elas podem bater a cabeça e se machucar. 

Para evitar acidentes, mantenha móveis longe de janelas, por exemplo:

  • Sofás;
  • Cadeiras;
  • Bancos;
  • Mesas.

No quarto das crianças, brinquedos com peças pequenas devem ser guardados em caixas fechadas. 

Também é importante a instalação de câmeras de segurança para que os pais possam observar os pequenos quando não puderem estar no mesmo ambiente.

Cozinha e lavanderia

Sempre verifique os botões do fogão para evitar vazamentos de gás, por isso, eles precisam estar bem fechados. 

Além disso, o ideal é ter gás encanado ou manter o botijão fora da cozinha, em local arejado e com boa ventilação.

Eletrodomésticos de uso esporádico não podem ficar ligados na tomada o tempo todo. Ao lavar a louça, as pontas de garfos e facas devem estar viradas para baixo. Fósforos e outros acendedores nunca devem estar expostos ao alcance das crianças.

Na lavanderia, o lixo deve sempre estar fechado com tampa para evitar mau cheiro e a presença de insetos como moscas, baratas e outros. Tenha atenção com sacos plásticos, pois eles podem ser uma ameaça para crianças e animais.

Banheiros

Secadores e lâminas cortantes devem ser guardados em locais seguros. Não deixe banquinhos no banheiro, além disso esvazie a banheira logo após o uso. 

No box, a instalação de corrimão de aluminio é muito importante para os idosos.    

Se puder, instale pisos antiderrapantes no banheiro, pois eles são mais seguros para sair do banho e evitar acidentes para crianças e pessoas idosas.

Medicamentos

Alguns medicamentos e produtos são importantes ter em casa, como remédios para dor de cabeça, spray antisséptico, entre outros. Mas o bom senso é fundamental na hora de armazená-los.

Mantenha-os em caixas fechadas e em locais completamente fora do alcance das crianças, pois a ingestão acidental é comum, podendo trazer consequências graves.

Conclusão

Nosso lar se torna um lugar muito mais seguro quando tomamos certos cuidados que, apesar de simples, fazem toda a diferença. 

Ter crianças e idosos em casa é sinônimo de responsabilidade, por isso, proporcione um ambiente adequado para eles.

Dessa forma, é possível ter mais tranquilidade, preservar a integridade física e mental de todos, bem como garantir o bem-estar dos moradores.  

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

 




Seja o primeiro
a saber!

Cadastre-se e fique por dentro das nossas novidades!

Quer tirar uma dúvida?
Entre em contato conosco!