29 maio 2020
Como limpar a casa de forma mais eficaz?


min de leitura 3 comentários

A pandemia do novo coronavírus, o covid-19, exigiu o reforço de muitos hábitos de limpeza, não só com objetos de uso pessoal, mas também cuidados com toda a casa.   

E, como consequência, muitas dúvidas começam a aparecer: qual seria o melhor produto? Como limpar a casa toda? Quantas vezes devo fazer a limpeza?  

Para responder todas essas perguntas, o artigo de hoje vai trazer algumas dicas de como limpar a casa de forma eficaz durante a pandemia do novo coronavírus.  

O fato é que não há uma frequência exata, até porque tudo irá depender das condições. Por exemplo, se você está com alguém doente em casa, ou se precisa sair para o trabalho.  

Mas o melhor remédio para a doença ainda é a prevenção, pois a limpeza deixa o ambiente livre do vírus e reduz as chances de contaminação.  

Ficou interessado(a)? Então, acompanhe a leitura! 

1 – Limpeza úmida com mop 

O mop, também conhecido como esfregão, é um equipamento de limpeza profissional que pode ser usado nos ambientes domésticos.  

A principal vantagem do acessório é a praticidade, já que ele permite a limpeza úmida de modo muito mais fácil, em comparação com outros equipamentos (como mangueiras, rodos e panos).  

Além disso, o mop é muito mais higiênico, visto que não há contato com os panos de limpeza. Isso previne que os moradores que estão limpando a casa possam se infectar com possíveis microrganismos presentes na superfície. 

2 – Use os produtos corretos 

Segundo o Ministério da Saúde, um dos produtos mais eficientes para a eliminação de bactérias e vírus é a água sanitária.  

Você pode diluir o produto na seguinte proporção: uma medida de água sanitária para nove de água comum. Concentrações mais elevadas exigem o uso de luvas.  

No entanto, por conter cloro, a água sanitária pode manchar alguns materiais, especialmente os tecidos. Para isso, recomenda-se uma limpeza com os seguintes produtos:  

  • Álcool 70%; 
  • Desinfetante; 
  • Detergente; 
  • Sabão. 

Assim, para quem tem carpete em placas, por exemplo, ao invés de usar água sanitária, é possível fazer a limpeza seca primeiro com aspiradores de pó e, em seguida, usar uma solução diluída em água de sabão próprio para o revestimento.  

Para superfícies mais rígidas, por exemplo o concreto, bem como esquadrias de alumínio branco de alta resistência, a solução com detergente, desinfetante e sabão pode ser aplicada por lavadoras de alta pressão, que oferecem uma limpeza mais profunda. 

3 – Não use os mesmos panos 

Ao limpar locais potencialmente contaminados, é importante separar os panos para cada cômodo.   

Isso evita que você transporte o vírus e outros microrganismos para ambientes que já estão limpos, ou que não tiveram contato com os agentes nocivos.  

Por exemplo, ao limpar uma porta lisa de madeira, que pode ter tido contato com o covid-19 (como as portas externas), tenha um pano só para essa superfície. Você pode usar panos coloridos para melhor identificação.  

Também é importante fazer a limpeza com luvas, sempre lembrando como usá-las corretamente, evitando tocar partes expostas do corpo, seguindo recomendações da OMS (Organização Mundial da Saúde). 

4 – Faça a desinfecção de superfícies de toque frequente 

Maçanetas, torneiras, encostos de cadeira, teclados de notebook, controles de televisão e celulares são só alguns exemplos de superfícies tocadas frequentemente dentro de casa. Por exemplo, um vaporizador pode combater vírus de diferentes superfícies. 

Esses objetos devem ser desinfectados frequentemente, em especial após o uso dos moradores. A recomendação é borrifar o produto de limpeza direto no pano, para não estragar o acessório com a aplicação direta.  

Após a higienização, é preciso colocar o pano para lavar e imediatamente fazer a higienização das mãos. 

5 – Não traga itens de fora para dentro de casa 

A contaminação pelo covid-19 pode acontecer quando alguém traz algo de fora para dentro de casa. Até mesmo o tapete capacho vinil que fica na porta de entrada pode ser um potencial contaminador.  

Por isso, é recomendável não trazer nada externo para dentro da sua casa, incluindo os sapatos.   

Adote o hábito de entrar em casa descalço, evitando que as bactérias da calçada entrem. Se possível, tome um banho e tire as roupas assim que chegar em casa.  

Quando for ao mercado, ou em qualquer outra loja, também é importante higienizar as compras e as sacolas. 

Conclusão 

O covid-19 intensificou os hábitos de limpeza em casa, visto que uma das maneiras mais eficientes de conter o contágio do vírus é a higienização dos ambientes.   

Em conjunto, é preciso manter as mãos limpas e redobrar os cuidados, evitando o compartilhamento de objetos pessoais, tocar o rosto na rua, entre outras recomendações.  

Por isso, é importante procurar todas as orientações dos órgãos oficiais de saúde, como a OMS e o Ministério da Saúde. 

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos. 




Comentários
Seja o primeiro
a saber!

Cadastre-se e fique por dentro das nossas novidades!

Quer tirar uma dúvida?
Entre em contato conosco!